quarta-feira, 10 de agosto de 2011

João Jardim: A vítima da inveja dos “Diabos Cubanos”!!!

João Jardim volta a vitimizar-se."Há uma inveja sobre a Madeira, alertei o senhor Presidente da República como alertei já este governo que, sempre que estamos próximo de eleições, aparecem umas entidades que são da República prontas a fazer-nos a vida um inferno"
«Desde quando acham que a Madeira anda de cócoras atrás de Lisboa?»,
“Alberto João no seu melhor”
O Tribunal de Contas refere que a dívida financeira da Madeira aumentou 99,4 milhões em 2010 e que o Governo Regional pagou despesas de funcionamento com as verbas concedidas para a reconstrução da ilha. 
Neste novo relatório, o TC destaca um empréstimo de 20 milhões de euros acordado com o BANIF, considerando que "foi contraído à margem do estipulado no diploma que regulamenta o financiamento da reconstrução e da Lei do Orçamento do Estado. O TC acrescenta que as verbas do empréstimo foram aplicadas na sua maioria na aquisição de bens de capital, investimentos e construções diversas, onde foram detectadas várias ilegalidades.
De entre estas, refira-se o não cumprimento do prazo de pagamento dos autos de medição dos trabalhos das empreitadas, a emissão de facturas fora do prazo estipulado e a adjudicação de trabalhos a mais já depois de estarem executados.
Alberto João Jardim não comentou os números nem o uso indevido dos empréstimos Insistiu, antes, em sublinhar a coincidência de esta auditoria ser conhecida em altura de campanha eleitoral ".
Não se preocupem, os governos e a justiça da república há muitos anos que trata este Sr. como inimputável, por isso não liguem, nem ao que faz, nem ao que diz!

6 comentários:

JACARE do PANTANAL disse...

Este Senhor tem os dias contados mas ainda não se apercebeu disso.É um Narcisista e pensa que domina tudo e todos, nomeadamente os nascidos na Madeira. Pelo que me tenho apercebido é arrogante e não dá "cavaco"! Procura AMEDRONTAR com papões que não existem e aparentemente, pelo que se relata, foge às responsabilidades que deveria ter como Chefe máximo do Governo Regional.
Se o Governo anterior desta coisa ainda chamada Portugal tivesse tomado as medidas correctas a nível de Ministério da Justiça e de fiscalização das contas do estado,e sistema Bancário, duvido que os equívocos se mantivessem. ACREDITO que a estatura do actual Primeiro Ministro possa ser suficiente para por ponto final às arbitrariedades e à clarificação da coisa Pública na Área da sua interferência pessoal em assuntos da REGIÃO que dependam directamente do poder Central face ao estatuto de Região Autónoma da Madeira.As ameaças ou alusões a "jogos" de independência política não assustam NINGUÉM. Pela minha parte nem CUBANOS Nem VENEZUELANOS nem AMERICANOS me assustam. Assustam-me muito mais mais as "alegadas faltas de transparência" e "penalizações" das populações locais.

Jorge Portojo disse...

O Relatório do Tribunal de Contas só vem demonstrar que este é um país sem regras. Num país civilizado, o ditadorzinho já não deveria estar na cadeia juntamente com os seus acólitos ????

Anónimo disse...

É altura de calar essa coisa pondo-o a comer bananas com a independência como solução.

JACARE do PANTANAL disse...

É evidente que a ser esse o caso já devia ter sentado o "CÚ" no MOCHO, para usar a sua (dele) linguagem desbragada, e engolido o que diz a torto e a direito com total impunidade.

JACARE do PANTANAL disse...

Infelizmente, segundo consta, até essas fabulosas bananas que são as únicas que eu compro e como, estão condenadas à extinção....Nem as Cascas sobreviverão para uma "lavadura" que o alimente. Aliás nem isso será necessário. Um Político decente ao fim de dois ou três mandatos, no máximo, deixa o lugar a outros para arejarem o ambiente que poluiu.Caso contrário agarra-se ao conceito de caciquismo...sempre mau!

Anónimo disse...

E o SNR jardim e o unico culpado !!! Poupem_me