sexta-feira, 1 de julho de 2011

As broinhas do “Coelho do Natal”.

No dia 1 de Abril de 2011, o Dr. Passos Coelho afirmou: "andam para ai a dizer que nós queremos cortar no subsídio de Natal...é um absurdo...".
Compreendi a mensagem... era o dia das mentiras!!
A medida da maioria PSD/CDS, afectará 3,2 milhões de trabalhadores mais 730 mil pensionistas.
A "contribuição especial", como lhe chamou o primeiro-ministro, será aplicada a todos os trabalhadores que ganhem acima do ordenado mínimo (485 euro) que terão de contribuir com 50% da diferença entre o respectivo subsídio de Natal e o salário mínimo nacional. 
Um exemplo, no caso de um trabalhador que estiver à espera de receber um 13.º mês de 1000€, irá ficar, com apenas 742,5€.
Os políticos corruptos e irresponsáveis que nos tem governado ao longo dos últimos 35 anos, são sem sombra de dúvida os grandes inimigos deste povo humilde e trabalhador. 
São conhecidos, todos os grandes culpados desta situação miserável a que chegamos.O governo devia, exigir responsabilidades aos culpados, entregando-os a uma verdadeira justiça, obrigando-os a devolver tudo quanto roubaram ao erário público e receberem o castigo que merecem pelo mal que estão a fazer a tanta gente.
Ou será que também eles e os amigos seriam punidos por estas medidas?

1 comentário:

joão l.henrique disse...

Com esta gente e estas politicas os sacrificados serão sempre os mesmos. Os trabalhadores e aqueles que menos têm.

Só com a luta organizada se pode alterar a situação.


Um abraço.