quinta-feira, 21 de julho de 2011

O "Jardim" das Reformas Douradas .

Desgraçado, lá vamos nós vê-lo andar outra vez em cuecas…..
Alberto João Jardim e outros políticos da Madeira foram notificados pela Caixa Geral de Aposentações para devolverem os valores das pensões que acumulam com as respectivas remunerações.
O Decreto-Lei, que entrou em vigor em 1 de Janeiro, veio alterar o regime de exercício de funções no sector público por aposentados, reformados e pensionistas da CGA. No caso de Jardim, com uma reforma de 4100 euros, o montante a devolver ultrapassa os 24 mil euros.
Já a "antiga"  Lei n.º 52-A/2005, (atenção, esta lei foi aprovada em 2005!!??) que limitava a acumulação do vencimento com um terço da pensão, ou vice-versa que, tal como a extinção das subvenções vitalícias, nunca foi aplicado na Madeira!!!???
Este Alberto João, é o mesmo homem que há dois dias atrás, estava a pedir aos portugueses que fizessem um esforço enorme para salvar Portugal. É preciso não ter um pingo de vergonha!
Será assim, que um verdadeiro patriota mostra como se deve salvar Portugal, acumular pensão com vencimento, mesmo depois de saber que o não podia fazer?
Sabe Sr. Jardim, estou farto se si até á ponta dos cabelos, se quer fazer festas na Madeira, faça com o seu dinheiro, não com o suor dos "cubanos", nós povo estamos cansados de pagar “carnavais” seus e de outros “palhaços”como o Sr!
Senhora Ministra da Justiça, mande investigar toda esta gente, sejam de que cor partidária forem, que levaram e querem continuar a levar este país à desgraça…….

1 comentário:

Faria disse...

Acho muito bem! Só peca por tardia.
Cumprimentos